Storytelling: A arte de contar histórias e envolver os seus clientes

Em uma era marcada pela informação e conectividade, o principal diferencial se tornou a maneira como comunicamos e a maneira que essa mensagem chega ao ouvinte. É imprescindível ter uma boa história para contar e cativar a audiência. É a soma de vários fatores alinhados: vocabulário adequado, enredo inteligente, personagens com anseios e uma aproximação com a realidade. Contam ainda com elementos de suporte, como imagens, ilustrações e vídeos.

São esses pequenos detalhes que formam o Storytelling, recurso tão importante para a publicidade. Em outras palavras, o Storytelling promove o seu negócio sem que a haja a necessidade de fazer uma venda direta.

A ferramenta se destaca principalmente pela capacidade de estreitar a relação entre uma marca e seu consumidor final. Ou seja, quando a sua marca tem uma narrativa interessante e apresenta o seu produto de maneira sutil, o cliente fica mais próximo do negócio, criando assim uma relação benéfica entre o consumidor e a empresa.

Esse estreitamento da relação entre as duas partes envolvidas gera o engajamento necessário para alavancar vendas de maneira indireta, subjetiva e muito mais emocional.

O fato é: o simples fato de apresentar um contexto por trás de um pedido faz total diferença. Podemos citar como exemplo um experimento realizado na biblioteca da Universidade de Harvard, local onde existia uma longa fila de estudantes aguardando para tirar xerox. Cada indivíduo chegava para uma das pessoas que estavam mais próximas de tirar suas cópias e pediam para o deixarem ‘furar’ a fila. A frase usada era ‘Tenho cinco páginas, posso usar a máquina?’ – 60% dos estudantes deixaram o sujeito passar a sua frente. Ao usar a frase ‘Posso usar a máquina antes de você? Porque estou com pressa’ – 94% dos estudantes deixaram o sujeito passar a sua frente. Com base no estudo foi possível perceber que ao usar a palavra ‘porque’, as chances dos alunos o deixarem fazer a cópia antes aumentaram significativamente.

Veja como o Storytelling atua dentro do nosso cérebro:

  • ☑️ Transforma histórias em conexões:

Uma boa história ativa partes do cérebro que permitem ao ouvinte transformar essa história em sua própria experiência.

  • ☑️ Experimenta, comenta e compartilha:

As pessoas além de experimentarem uma atividade cerebral da sua história irão também compartilhar e comentar sobre ela com outras pessoas.

  • ☑️ Recordado com mais precisão:

O cérebro libera dopamina no sistema neurológico quando experimenta um evento que desperta emoções, tornando-se mais fácil de ser lembrado com maior precisão.

  • ☑️ Diversas áreas: 

Ao processar fatos, duas áreas do cérebro são ativadas: área de Wernicke e Área de Broca. Uma história bem contada pode envolver outras áreas adicionais, incluindo o córtex motor, o córtex sensorial e o córtex frontal.

Com todas essas informações, podemos concluir que a forma como contamos uma história, vendemos um produto ou apresentamos uma situação pode fazer total diferença para o cliente. Isso é o Storytelling! Use a narrativa ao seu favor e explore o contexto que deseja alcançar!