As mudanças no comportamento do consumidor causadas pela crise

 

A crise causada pelo COVID-19 mudou a maneira como as pessoas vivem, se relacionam e consomem. Os impactos não afetaram apenas a rotina da população, mas também os seus comportamentos. Nesse cenário de transformações, as marcas enfrentam o grande desafio de entender essas mudanças.

Um levantamento feito pela R/GA se propôs a entender como os assuntos que surgiram ao longo da pandemia podem impactar o consumidor. Confira algumas dessas mudanças e como se posicionar diante delas:

Um novo olhar para a casa:

Durante o isolamento social, a maioria das pessoas buscou reproduzir experiências comuns do dia a dia dentro de suas casas. As marcas contribuíram de forma positiva com esse processo através de lives musicais, programas de exercício em casa e, curiosamente, um crescimento maior das plataformas de trabalho digitais. Nesse caso, a questão fundamental para as empresas é entender como criar novas experiências dentro dos ambientes fechados.

Os novos heróis:

Médicos, funcionários da saúde, entregadores de delivery e outros trabalhadores passaram a ter o seu trabalho mais valorizado durante a pandemia. A valorização de trabalhadores de linha de frente merecem ser publicamente elogiados pela sua coragem.

A vulnerabilidade:

De acordo com o levantamento, a pandemia trouxe à tona assuntos voltados principalmente para a saúde mental e vulnerabilidades. Algumas marcas buscaram, inclusive, entender que podem ter um papel nesse cenário para ajudar ou aliviar pontos críticos através de ações e conteúdo.

Foco no coletivo:

A situação estimulou o público a se unir e pensar coletivamente. Empresas festão sendo questionadas sobre a preocupação com seus funcionários e consumidores. Essa mudança de pensamento possibilitou que as marcas pensem em suas ações envolvendo a responsabilidade social, além de rever os valores e entender que é possível ter um impacto positivo maior na vida das pessoas.

Valorização da produção local

A produção local ganhou força durante as compras. Os consumidores foram convidados a apoiar estas produções e grandes empresas também buscaram soluções para pequenos e médios empreendedores.

O essencial:

Com os impactos causados economicamente, o público está repensando o que realmente é essencial. Pesquisas apontam que comportamentos relacionados a saúde e alimentação seguirão como prioridade. Para as marcas, essa é a hora de avaliar o que pode ser feito para se manterem relevantes e investir em soluções econômicas, uma vez que o consumidor está mais atento a relação custo x benefício.

Mundo digital:

O isolamento proporcionou que os consumidores que não estavam acostumados com os serviços de e-commerce tivessem seu primeiro contato. É essencial que as empresas pensem ainda mais em meios de atingir o público de forma digital e aprofundar o relacionamento com o consumidor de forma online.

Portanto, esse é um momento mais do que importante para avaliar-se as ações e iniciativas tomadas por sua empresa e compreender os impactos que a pandemia causou não somente na vida pessoal, mas também na maneira como os consumidores se relacionam com as marcas.